Skip to content

Máquina de Falar Inglês Funciona?

Opa, tudo bom? Se você chegou aqui é porque está procurando mais informações sobre a Máquina de Falar Inglês da Universidade do Inglês, correto? Bom, então você veio ao lugar certo! Nesse blog eu vou fazer uma análise completa e sincera desse curso de inglês.

Primeiramente deixa eu me apresentar. Meu nome é Gustavo, sou estudante de Mecatrônica e gosto muito de ler conteúdos novos sobre a minha área. Eu sempre encontrei uma barreira quando ia procurar textos para estudar sobre o meu curso da faculdade, pois a maioria estava em inglês. Por isso eu comecei a procurar algum curso de inglês que pudesse me ensinar em pouco tempo, sem ter que passar anos estudando.

Pra ser sincero, eu tenho amigos que estudam inglês há anos em grandes cursos aqui da minha cidade e não sabem falar fluente. Alguns até conseguem ler alguma coisa, mas nenhum consegue assistir um filme sem legenda e isso me deixa frustrado. Eles gastam uma grana alta com mensalidades, estudam anos e não sabe falar inglês fluente? Realmente isso frustra qualquer um, não é verdade?

Como eu conheci a Máquina de Falar Inglês?

Bom, eu precisava aprender inglês rapidamente e sempre pesquisava por algo nessa linha. Algum curso de inglês que envolvesse conversação e prática, sem enrolação dos cursos presenciais tradicionais. Pra mim o curso poderia ser presencial ou online, não tenho problemas com isso.

Foi quando eu estava vagando pelo Facebook que encontrei um post sobre um curso de inglês que prometia fluência em poucas semanas. Eu até desconfiei no início, mas resolvi dar uma chance. Até mesmo porque era exatamente isso que eu procurava há um tempo, mas eu não sabia que realmente existia algo desse tipo.

maquina de falar ingles aula

Pra falar a verdade, eu já tinha visto o fundador da Universidade do Inglês, o Jober Chaves, em eventos de marketing digital, pois é uma área que eu estudo muito também. Mas até então eu nunca tinha ido mais a fundo pra conhecer o seu curso e a tal da Universidade do Inglês.

A verdade é que eu resolvi clicar no post do Facebook pra ver o que me esperava do outro lado.

O que é esse curso?

Comecei a assistir o vídeo e de cara já me identifiquei com o que o Jober falava. Parecia até que aquelas palavras eram pra mim hahaha

Então eu assisti até o final. Fiquei louco pra adquirir, mas como um bom pesquisador que sou, resolvi ir em busca de mais informações sobre a Máquina de Falar Inglês. Procurei algumas referências no Google e fui procurando em grupos do próprio Facebook. Foi lá no Face que encontrei um rapaz chamado Denis, que veio falar comigo quando perguntei sobre o curso em um grupo. O Denis já tinha feito outro curso da Universidade do Inglês e resolveu me ajudar nessa decisão.

Se você não conhece o Jober, ele é esse rapaz do vídeo abaixo:

Ele me falou sobre o método usado e realmente era o que o Jober falava no vídeo. Esse método é usado em várias áreas de estudo para conseguir conciliar mais informações em menos tempo. É o que ele chama de aprendizagem acelerada. Até então eu nunca tinha ouvido falar sobre isso, mas parecia algo interessante.

Clique aqui para fazer parte do curso completo Máquina de Falar Inglês

O Denis me falou sobre a sua história e me mostrou seu resultado no teste de fluência do TOEFL. Para quem não sabe, existem alguns testes de fluência em inglês chamados TOEFL e TOEIC. Essas avaliações são como a porta de entrada para estrangeiros que desejam ingressar em universidades, principalmente, dos Estados Unidos e Canadá, e para quem busca oportunidades de crescimento profissional.

Depois de um bom papo com o Denis eu fiquei bem mais convencido de participar da Máquina de Falar Inglês, mas eu ainda não estava 100% seguro da minha decisão.

Como funciona o curso?

Essa é uma das principais perguntas que eu tinha na minha cabeça e creio que você também possa ter essa dúvida, pois de acordo com o próprio Jober, a metodologia era diferente de tudo que existia no mercado.

Eu realmente queria saber do que se tratava essa metodologia, mas eu fiquei com receio de pagar só pra saber né 😛 (apesar de ter uma garantia de 30 dias que vou falar mais à frente)

Conversando com o Denis, ele me falou que o curso era 100% prático e não tinha absolutamente nada de gramática. Daí eu pensei “Ué! Se não tem gramática, como eu vou aprender a falar inglês?” e parece que é aí que a figura muda de história.

O curso é baseado em conversação. Você participa de ações como se estivesse falando com um nativo note-americano. É uma metodologia bem diferente realmente e eu fiquei um pouco assustado no começo.

Eu resolvi testar. Como eu tinha 30 dias para pedir a garantia, eu resolvi dar a cara a tapa e começar o curso uma vez por todas. Eu precisava aprender inglês, afinal já estava com planos de viajar pra fora e iria passar vergonha kkkkkkk

O que eu vou encontrar no curso?

O curso é bem prático e direto ao ponto. Logo nas primeiras lições existe um exercício prático para imersão no método, que é algo bem interessante e tem muito a ver com psicologia até. Eu dei alguns prints na tela do curso para que você possa entender como é por dentro na medida que eu for apresentando pra você.

Primeira lição do curso sobre preparação do método.

Nas aulas posteriores, o curso é muito prático e isso foi algo que me assustou logo de cara, pois eu estava esperando alguém me mostrar o verbo to be ou algo do tipo. Que bom que não teve verbo to be, pois as aulas práticas eram divertidas e eu já estava vendo o idioma inglês desde o primeiro momento, mesmo sem saber quase nada.

Aproveite para conhecer o curso por dentro, com uma aula apresentada pelo próprio Jober Chaves:

Caso você não saiba absolutamente nada de inglês, não tem problema, pois a lição conta com legendas em inglês e português pra que você possa sair do zero. Como eu também não sabia quase nada do idioma eu tive que ir lendo as legendas mesmo kkkkkkkk

Nessa lição eu já me sentia um nativo americano!

Já deu pra sentir a pressão? 😀

Eu comecei a perceber, logo nas primeiras aulas, que eu estava no caminho certo, pois eu já estava na parte prática, sem passar por nenhuma teoria chata e cansativa.

As próximas aulas envolvem muito a nossa participação. A gente precisa falar e gravar no programa disponível no portal da Máquina de Falar Inglês. Como eu já falei, sem teoria!

A Máquina de Falar Inglês dá alguma certificação para o aluno?

Sim. Ao final das aulas fica disponível para download um certificado de conclusão de curso. Basta o aluno baixar e imprimir. É bem simples de fazer e logo você já está com o certificado em mãos!

Por quanto tempo eu tenho acesso ao curso?

Essa era uma dúvida cruel que eu tinha e que pode ser a sua também. E eu encontrei essa resposta da própria Universidade do Inglês:

A Máquina de Falar Inglês não tem tempo mínimo ou máximo para sua conclusão. O acesso é garantido para sempre. O aluno pode assistir as 40 aulas e os cursos e aulas ao vivo (gravadas) quantas vezes quiser.

Quanto custa?

Você pode participar do treinamento Máquina de Falar Inglês da Universidade do Inglês, que mostra como falar inglês em pouquíssimo tempo e forma 100% prática, sem teorias e enrolação, por apenas R$ 1997.

Esse é um valor irrisório que você pode investir para aprender definitivamente a falar inglês e não depende de legendas, tradutores e coisas do tipo. Se você fosse pagar por um curso de 4 anos, esse investimento com certeza seria bem maior.

Que garantia eu tenho?

Eu tinha medo de perder o dinheiro caso o curso não fosse realmente bom, mas a Universidade do Inglês garante 30 dias para devolução total do dinheiro como você pode ver clicando aqui.

Então se você não gostar do curso ou ainda não se sentir preparado para falar inglês, você pode solicitar o reembolso dentro de 30 dias sem problema nenhum. Basta entrar em contato com o suporte da Máquina de Falar Inglês que eles te darão todas as informações necessárias.

E você, Gustavo. Recomenda a Máquina de Falar Inglês?

Bem, eu acabei falando de praticamente tudo que você vai ver dentro do curso e da minha história que acabei esquecendo de falar o principal hahahaha

Pra falar a verdade, eu ainda estou pagando o curso, pois parcelei em 12x, mas posso te dizer que já me sinto capaz de viajar sozinho para os Estados Unidos sem precisar fazer mímica e passar vergonha. Eu afirmo isso porque testei minha fluência conversando com norte-americanos nativos através de sites como o Speaking24 e o Livemocha, que você até já deve ter ouvido falar.

Eu conversei com alguns gringos e consegui desenrolar muito bem o papo sem gaguejar. Ah, e esse aprendizado foi em menos de 5 meses. Eu ouvi relatos de pessoas que aprenderam em 3 meses e outras até em 2, mas como eu não tinha muito tempo para estudar, acabei fazendo curso em 5 meses, o que pra mim foi muito bom, pois como falei anteriormente, vários amigos meus estão fazendo cursos há anos e não conseguem ter um diálogo com um norte-americano de forma fluente.

Bom, esse foi a minha história e espero que possa ter te ajudado. Se quiser falar comigo, basta mandar um email através da página de contato e se quiser maiores informações sobre o curso, clica aqui pra acessar o site oficial.

Abração!

Summary
Review Date
Reviewed Item
Máquina de Falar Inglês
Author Rating
4